WhatsApp

WhatsApp

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Sem acordo, enfermeiros do Heda voltam a entrar em greve

Sem acordo com o governo quanto ao reajuste salarial, os enfermeiros do Hospital Dirceu Arcoverde (Heda), o maior e único hospital público de Parnaíba, voltaram a entrar em greve no início desta noite de segunda-feira de carnaval. O presidente do sindicato dos enfermeiros no Piauí, João Sérgio Moura, é categórico ao afirmar que os profissionais não acreditam mais no governo e que somente voltarão à ativa quando o salário for depositado na conta de cada enfermeiro.
“O secretário de Saúde disse que até quinta-feira enviará uma pauta de negociação, mas nós não acreditamos nessa conversa porque ele nos enganou o ano inteiro e quer continuar nos enganando. Mas o recado que queremos dar é que a greve continua e somente voltaremos a trabalhar com salário na conta, com documento assinado e publicado no Diário Oficial porque de promessa desse governo estamos cheios”, avisa.
Além do reajuste salarial, a categoria também reivindica o pagamento do adicional noturno e insalubridade, entre outros direitos.



Nenhum comentário: