WhatsApp

WhatsApp

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Revolta dos Secretários Escolares de Parnaíba

Perguntamos ao Sr. Florentino Neto prefeito da cidade de Parnaíba, o porquê de recebemos como salário líquido em 2016 uma quantia abaixo do que recebíamos em 2015?

Pois bem, em 2015 nosso salário era de 1 salário mínimo + uma gratificação de 200 reais que dava como salário bruto 988 reais e líquido o valor de 901,32. Pois a gratificação não era abatida pelo IPMP.

Todos os secretários esperavam receber em janeiro exatamente isso, o salário mínimo (880 reais) + a gratificação de 200 reais que daria como salário bruto 1.080 reais e o líquido seria de 961,20 reais, ou seja um ganho real para tenta diminuir o impacto da inflação.

Mas isso não aconteceu, pois em dezembro o Sr. Prefeito juntamente com a câmara dos vereadores aprovaram uma manobra para que nós secretários escolares não tivesse seus vencimentos atualizados de acordo com o mínimo.

Essa manobra foi de incorporar a gratificação de 200 reais ao salário minimo de 2015 (788 reais), tornando o salário bruto de 988 reais e o líquido de apenas 879,32 reais, como o salário bruto é maior que o nacional a prefeitura ficou livre de dar o aumento em 2016.

Desta forma um secretário escolar em Parnaíba ganha como salário líquido uma quantia menor que do ano passado, o que causa uma revolta por partes dos servidores.

É revoltante, o funcionário esperar receber um aumento salarial no começo do ano tem é seu salário diminuído.

Se essa manobra continuar certamente nós servidores não teremos também reajuste salarial em 2017, pois dificilmente o salario minimo nacional será superior a 988 reais, ou seja corremos o risco de ficar 3 anos com o mesmo salário devassado, e ainda sem termos o nosso plano de cargo e carreira, que por direito era para existir deste 2012.

Queremos nossa gratificação de volta, até que o nosso plano de cargo e salário seja implantado, como tinha sido acordado anteriormente, essa incorporação foi um desrespeito ao servidor.

Nenhum comentário: