WhatsApp

WhatsApp

domingo, 6 de dezembro de 2015

Fábio Abreu deve ser exonerado e cassado

O secretário parece posar para fotografia diante das câmeras de televisão e fotógrafos. Esta é uma imagem chocante e agressiva
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) deveria denunciar o secretário de Segurança Fábio Abreu
O Piauí decente e civilizado se sentiu agredido ao se deparar no dia de ontem (04/12) com a imagem do secretário de Segurança do Estado do Piauí, o deputado federal licenciado, Fábio Abreu pisando no pescoço de um homem preso e imobilizado no chão.
Esse ato praticado por esse secretário de segurança deve ser denunciado pelos ministérios público estadual e federal, porque se trata de uma “autoridade” estadual e de um parlamentar federal. A nível estadual, a punição imediata contra Fábio Abreu deveria ser a sua exoneração do cargo que ocupa no governo estadual e em nível federal, a abertura de um processo por quebra de decoro parlamentar.   
A imagem do estado do Piauí foi manchada por uma pessoa que deveria zelar por ela, uma vez que se trata de uma “autoridade” e de um parlamentar licenciado. Nesse caso, cabe perda do mandado? Sim, pois não é admissível que um parlamentar agrida uma pessoa e fique impune, mesmo que essa pessoa seja um delinquente.
Nas redes sociais, alguns bárbaros e selvagens aplaudem esse ato vergonhoso praticado por um ex-policial militar. Um ato que leva os piauienses a associarem essa imagem degradante a toda uma corporação, que este blogueiro na semana passada classificou aqui neste espaço, como sendo uma das melhores policias da federação. Mas, essa atitude de Fábio Abreu não será capaz de manchar a imagem de uma corporação que tem entre seus oficiais, homens como o Cel. Fortes Brito, o major Jorge Neto e o sargento Augusto.     
Só mesmo no Piauí é que secretário de segurança sai às ruas para prender marginal. 

(Por:Dom Severino) 

Nenhum comentário: