WhatsApp

WhatsApp

sábado, 28 de novembro de 2015

Taxistas fazem manifestação em frente a Central de Flagrantes

Em protesto à morte do taxista Pedro de Jesus Lima, assassinado na tarde desta desta sexta-feira (27) na zona norte de Teresina, taxistas da cooperativa Nosso Taxi fizeram uma manifestação na noite de hoje, em frente a Central de Flagrantes da Capital. A categoria fechou a Rua Coelho de Resende com carros e colocou fogo em pneus. Eles cobram maior segurança por parte do poder público. 
Imagem: Francisca Pinto/GP1Manifestação dos taxistas(Imagem:Francisca Pinto/GP1)Taxistas protestam em frente à Central de Flagrantes de Teresina
Antonio Carlos, companheiro de trabalho da vítima e um dos manifestantes comentou a falta de segurança no estado e na Capital. “Não é a primeira e nem vai ser a última, vai vim outros casos, mas o que a gente fica triste, na realidade é com essa falta de segurança que está dentro do estado do Piauí e principalmente dentro de Teresina, só vemos o secretário de segurança e o governador dando entrevistas dizendo que a segurança esta boa, mas não está e quem sofre somos nós”, disse.
Imagem: Francisca Pinto/ Gp1Antonio Carlos(Imagem:Francisca Pinto/ Gp1)Antonio Carlos
O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas, mas os taxistas não permitiram a passagem e o fogo continuou. Policiais da Central tentaram conversar com os taxistas, mas os mesmos não cederam ao pedido dos policiais para apagar o fogo e desinterditar as ruas.
Imagem: Francisca Pinto/ GP1Policiais tentam negociar com os taxistas(Imagem:Francisca Pinto/ GP1)Policiais tentam negociar com os taxistas
Imagem: Francisca Pinto/GP1Manifestação(Imagem:Francisca Pinto/GP1)Categoria ateou fogo em pneus
Imagem: Francisca Pinto/ GP1Taxistas protestam contra falta de segurança(Imagem:Francisca Pinto/ GP1)Taxistas protestam contra falta de segurança

Nenhum comentário: