WhatsApp

WhatsApp

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Caos na Segurança Pública do Piauí: IML sem legista; corpo de acidentado é removido de um dia para outro do local do acidente.

Membro da família de uma vítima de acidente de trânsito ocorrido na zona rural de Cajueiro da Praia, denunciou sua insatisfação com a instituição pública que vem a ser o IML de Parnaíba.
Veja a nota na íntegra: 
"O QUE NINGUÉM VER É A SITUAÇÃO DAS FAMÍLIAS QUE FICAM A ESPERA DO MÉDICO LEGISTA QUE ESTÁ DE PLANTÃO, SÓ NÃO SE SABE ONDE É ESSE PLANTÃO, POIS NO IML NÃO É. 
OUTRO FATO, É QUE TEM QUE TER UMA ASSINATURA DE UM DELEGADO DE PLANTÃO E ESTE TAMBÉM NÃO SE ENCONTRA. O CORPO SÓ FOI RECOLHIDO HOJE PELA MANHÃ, E LÁ NO IML ATÉ O MOMENTO NÃO EXISTE MÉDICO LEGISTA PARA LIBERAR O CORPO. ATÉ QUE HORAS TEMOS QUE ESPERAR??? 
SOMO CIDADÃOS E MERECEMOS RESPEITO. 


SOU PARENTE DO André Santos da Rocha, 26 anos, que residia na localidade Árvore Verde, zona praiana de Cajueiro da Praia, sofreu acidente de MOTO.
POREM NINGUÉM TEM CORAGEM DE DENUNCIAR, E FICA A INSATISFAÇÃO DE TODOS OS FAMILIARES.
DUVIDO QUE ALGUM MEIO DE COMUNICAÇÃO VÁ SABER ONDE ESTÃO OS PLANTONISTAS QUE NÃO SE ENCONTRAM NOS LOCAIS DE TRABALHO. MAS O SALÁRIO DELES SE NO DIA 30 NÃO ESTIVER NA CONTA BANCARIA ELES ENTRAM EM GREVE, MAS QUE GREVE, SE EM DIAS DE TRABALHO E PLANTÃO ELES NÃO SE ENCONTRAM TRABALHANDO.
FICA AQUI A INSATISFAÇÃO DE UMA FAMILIAR"

O que a denunciante fala é a pura verdade, O IML de Parnaíba tem vários coordenadores, um dando ordem por cima do outro, cujo local que é de natureza pública. virou uma anarquia.  
A culpa vai para o governador Wellington Dias e para o secretário de segurança Fábio Abreu, que nada fazem para ditar nas regras no serviço público.  


Fonte: Portal do Catita

Nenhum comentário: