WhatsApp

WhatsApp

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Delegacia de Entorpecentes apreende 125 pontos de LSD e prende 4 traficantes

Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DPRE), iniciaram na tarde desta sexta-feira (21) uma operação para apreender drogas e prender traficantes. Anderson Fabrício Lelones Silva que tentou fugir da polícia e Lucas Torres Sampaio, foram presos no bairro São João, em Teresina, e um em Fortaleza, no Ceará. Um dos presos, é um adolescente filho de um promotor de justiça.
Image title

De acordo com o delegado Menandro Pedro, esta seria a maior apreensão de LSD já registrada no Piauí
“Ela é usada para colocar na corrente sanguínea. Um está sendo autuado em Fortaleza e repassava droga para o Piauí e outros locais. Um menor também está envolvido. Nunca, na história do Piauí, se tinha feito apreensão de droga sintética com alguém preso. É a maior apreensão de SD já registrada no Piauí. É uma operação interestadual e ocorreu após parceria entre as Delegacias de Entorpecentes de de Teresina e Fortaleza. O que foi preso aqui marcou um encontro em frente a um restaurante no bairro São João. Ele saiu do carro que nós já apreendemos para entregar as cartelas de LSD. Quando viu os policiais, saiu correndo, mas acabou preso”, disse. 
Segundo o delegado Cadena Filho, o adolescente apreendido é filho de um promotor de justiça aposentado. Segundo ele, o adolescente é dependente químico.
“Esse que foi apreendido com LSD estava repassando para um outro que é viciado. O que foi preso em Fortaleza é um cara altamente rico, que já foi preso pela Polícia Federal. Nós realizamos a apreensão de uma balança de precisão, maconha e cocaína. Cada ponto é na faixa de 70 reais, sendo que foram 125 apreendidos. Em festa, cada ponto custa 60 reais. O que foi preso em Fortaleza é bastante conhecido", afirmou.
Cadena informou ainda que o homem preso em Fortaleza é milionário e era responsável pela distribuição de LSD e outras drogas em todo o Nordeste. Os traficantes do Piauí eram distribuidores.
Um dos traficantes morava na Morada do Sol, na zona Leste, e o outro mora no Conjunto Francisco Marreiro. Os policiais realizaram a apreensão de um carro modelo Siena, de placa NIN-1300. Além disso, apreenderam maconha, cocaína e cerca de 125 pontos de LSD, que é um ácido que provoca alucinação e ficou bastante conhecido na década de 70 para promover viagens alucinógenas. Cada ponto de LSD custa R$ 50 a 60 reais e cada figura do SD possui 50 pontos e cada ponto é vendido em festas e boates.
A banda de rock que ficou conhecida no mundo inteiro, The Beatles, produziram o disco Yellow Submarine usando LSD.
LSD
Criado pleo químico suíço Albert Hofmann, o LSD (Dietilamida do Ácido Lisérgico), uma substância sintética semelhante às presentes em um fungo denominado Claviceps pupurea. O uso normalmente é feito pela via oral, colocando-se uma pequena gota do líquido embaixo da língua. Alguns usuários preferem, no entanto, colocar a substância em um pequeno pedaço de papel e, posteriormente, colocá-la sob a língua. O LSD é uma droga bastante forte, por isso poucas quantidades são necessárias para que haja um grande efeito. Estima-se que se uma pessoa utilizar uma dose de 50 microgramas, o efeito pode durar até 12 horas.
O LSD provoca diversas sensações e alterações na capacidade de percepção. Dentre os principais efeitos, podemos citar uma ampliação na capacidade de perceber cores e alterações na recepção de sons. Pode ocorrer também a chamada sinestesia, em que informações sensoriais misturam-se, sendo possível, por exemplo, ouvir uma cor. Além disso, a droga causa alterações na percepção de tempo e espaço. Em razão dessas sensações, a droga passou a ser usada principalmente em locais como shows e festas, que se tornam mais “divertidas e diferentes”.
É importante frisar, no entanto, que os efeitos variam de pessoa para pessoa e têm relação direta com as doses utilizadas e com o estado emocional do usuário. Apesar de algumas sensações experimentadas serem agradáveis para alguns usuários, é comum a ocorrência das chamadas “bad trips”. Esse quadro provoca ansiedade, pânico, e delírios que podem geras graves consequências, uma vez que a pessoa perde a capacidade de diferenciar o que é real do que não é.
Image title


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title




Image title
Fonte: Meionorte.com

Nenhum comentário: